ações esg

Ações ESG: por que está valorizado no mercado?

As ações ESG são excelentes oportunidades para investidores de qualquer perfil — incluindo os conservadores. Afinal, elas protegem o seu patrimônio e aumentam os rendimentos dos seus investimentos. Com isso, podem te ajudar a ter uma vida mais estável e segura, além de contribuir para a conquista da tão sonhada independência financeira.

Ao aprender mais sobre o assunto, você poderá melhorar bastante as suas decisões no mercado financeiro, identificando os ativos que geram maior ganho. Para que você não perca essa oportunidade, trouxemos este material que esclarece o que é ESG, qual é a sua história, porque esse é um tema importante e mais. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

O que é ESG?

ESG é uma sigla para Ambiental, Social e Governança corporativa (do inglês Environmental, Social e Governance). Como o nome indica, é usada para identificar práticas que contribuem para diferentes aspectos que beneficiam o mundo de forma geral, como proteção ao meio ambiente e ações sociais.

Por exemplo, para que uma empresa (e suas ações) seja considerada ESG, é importante que a organização invista em medidas específicas que agreguem para alguns dos pilares da sigla. São várias as práticas que podem ser consideradas ESG, veja algumas delas a seguir.

Ambientais

Tratam de atitudes que ajudam no desenvolvimento sustentável, minimização dos impactos do homem na natureza, entre outros. Como:

  • descarte correto de lixo, especialmente de eletrônicos;
  • diminuição da necessidade de uso de recursos naturais;
  • estabelecimento de metas para diminuir a emissão de poluentes;
  • redução do impacto do seu processo produtivo no meio ambiente.

Sociais

Consistem em práticas que ajudam os indivíduos, as comunidades, o grupo ou a sociedade em geral. Veja exemplos:

  • combate à discriminação;
  • aplicação de direitos trabalhistas;
  • apoio à inclusão social e diversidade;
  • valorização da segurança e saúde no ambiente de trabalho.

Governança

Por fim, a governança corporativa é o nível de controle que os gestores têm sobre o negócio. Confira alguns exemplos:

  • criação de canais de denúncia;
  • minimização de falhas e ocorrência de fraudes;
  • aumento da transparência para investidores, clientes, parceiros etc.

Qual a história dos investimentos ESG?

O termo ESG apareceu pela primeira vez no relatório “Who Cares Win” — Quem se Importa Ganha, em português — em uma conferência liderada pelo secretário-geral da ONU, Kofi Annan, no ano de 2005.

Nesse período, a sua ideia principal foi a de reunir mais de 50 gestores de entidades de diferentes países para encontrar uma forma de unir o ESG ao mercado de capitais — sistema que faz o intermédio das negociações entre investidores e empresas.

No fim, 20 instituições financeiras de 9 países aceitaram a proposta de realizarem práticas ambientais, sociais e de governança, sendo que elas produzem melhores resultados para a sociedade, garantindo um futuro melhor para esta e as próximas gerações.

Atualmente, o ESG é uma tendência crescente e as suas práticas estão sendo cada vez mais adotadas pelas empresas. Segundo o Decision Report, 68% dos negócios brasileiros têm estratégicas ESG em funcionamento em 2022, número 26% maior em relação ao ano anterior.

Por que ações ESG estão valorizadas no mercado?

ações esg

O interesse por ações de empresas que investem em ESG também está aumentando com o passar do tempo, fazendo com que sejam cada vez mais valorizadas. O aumento da procura por esse tipo de ação acontece porque mais pessoas estão se preocupando com o desenvolvimento sustentável, questões sociais e a gestão das empresas.

Em outras palavras, os investidores do Brasil e de outros países preferem adquirir papéis de empresas que, ativamente, adotam ações para tornar o mundo um lugar melhor. Nos Estados Unidos, por exemplo, os índices ESG mostram que as ações desse tipo de empresa tiveram um aumento entre 25,6% e 31,7% em 2021.

Além disso, cerca de 90% das pessoas confiam — e consomem mais — em organizações com um propósito que muitas vezes está ligado ao ESG como autenticidade, ética, proteção ao meio ambiente e tratamento dos colaboradores.

Por que se preocupar com o ESG?

As empresas que adotam práticas ESG conquistam maior atenção do seu público e têm suas ações mais valorizadas no mercado. Por isso, considerar esse fator enquanto analisa suas alternativas de investimento pode ser um grande diferencial para que você adquira as ações mais vantajosas para a sua carteira.

No entanto, a importância do ESG vai muito além de maximizar os ganhos. Quanto mais pessoas investem em organizações conscientes, mais elas passam a incorporar práticas ambientais, sociais e de governança.

Consequentemente, isso fará com que o mundo seja mais sustentável e melhor de viver para qualquer indivíduo, já que a natureza passará a ser mais preservada, e os indivíduos de todas as etnias ou grupos sociais terão mais oportunidades e um melhor local de trabalho. Além disso, as empresas serão mais transparentes o que contribui para que o futuro da economia seja mais promissor..

Como investir em ações ESG?

Para investir em ações ESG, é preciso avaliar os mesmos aspectos que outros ativos do mesmo tipo, mas é necessário analisar os índices de sustentabilidade, que mostram quais organizações aplicam práticas ESG.

Existem diferentes indicadores e cada um deles tem suas próprias exigências para que uma empresa faça parte. Veja quais são eles e os seus requisitos.

Índice Carbono Eficiente (ICOS B3)

  • as ações não podem ser cotadas menos que R$ 1,00;
  • a produção de inventários de emissão de gases de efeito estufa deve ser exigida;
  • o valor de mercado dos papéis em circulação, a emissão de gases de efeito estufa e a receita para pesos de empresas são aspectos que devem ser levados em consideração;
  • as empresas devem fazer parte das 100 ações mais negociadas da bolsa, sejam participantes do IBrX.

Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciadas (IGC B3)

  • as ações devem valer, ao menos, R$ 1,00;
  • a empresa deve estar listada no Novo Mercado ou nos níveis 1 e 2 da B3;
  • a organização deve ter presença em pregão de 50% no período de vigência de 3 carteiras anteriores;
  • o valor de mercado de ativos em circulação e o fator de segurança para pesos da organização devem ser analisados.

Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE)

  • os papéis não devem ser inferiores a R$ 1,00;
  • o preenchimento de questionário para temas ESG deve ser feito;
  • as boas práticas ambientais, sociais e de governança devem ser adotadas;
  • as empresas do índice devem estar entre as 200 ações mais líquidas da B3.

Se você ficou interessado em adquirir ações ESG, saiba que é possível alocar os seus recursos em fundos que investem em fundos ESG. Dessa forma, você pode aproveitar os benefícios desses ativos de maneira mais prática. Porém, também é crucial que você tenha o suporte de um banco que presta um ótimo atendimento e preza pela segurança do seu patrimônio.

Gostou do nosso material e acha que ele pode ser útil para outras pessoas? Então compartilhe nas suas redes sociais para que mais pessoas tenham acesso a esse conhecimento!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.