cdb de liquidez diária

Entenda como funciona o CDB de liquidez diária e saiba como investir

Na hora de investir, você precisa considerar vários fatores. Um deles é a necessidade de usar o dinheiro antes do prazo de vencimento. Nesse caso, é preciso escolher um ativo que permita o resgate a qualquer momento e evite perdas. Uma opção é o CDB de liquidez diária.

O Certificado de Depósito Bancário é um título privado. É emitido por bancos e financeiras com o objetivo de captar recursos. Assim, esse capital é utilizado para a concessão de empréstimos e financiamentos.

Apesar de esse ser o conceito do ativo, existem outros detalhes a analisar antes de você aplicar seu capital. Por isso, vamos explicar como esse tipo de investimento funciona. Saiba mais.

O que significa liquidez diária de um ativo?

A liquidez é um conceito que se refere à possibilidade de resgatar uma quantia antes do prazo de vencimento. Quanto mais alta ela for, mais fácil é sacar o dinheiro aplicado.

Portanto, a liquidez diária representa a capacidade de retirar o dinheiro a qualquer momento, sem importar quantos dias ou meses ele ficou aplicado. Além disso, o valor entra na sua conta em apenas um dia útil.

Ao mesmo tempo, isso tende a implicar uma rentabilidade mais baixa. Isso porque o montante pode ser recuperado antes do prazo.

Na prática, o ativo precisa ser passível de negociação a qualquer momento. Assim, o emissor tem que estar disposto a recomprar o título, ou ele deve ser de fácil negociação com outro investidor. Essa é a característica principal de qualquer ativo com liquidez diária, inclusive, CDBs.

Ainda tem mais. A seguir, listamos algumas das principais vantagens de contar com a liquidez diária.

Facilidade de negociação

O investidor pode abrir mão do título a qualquer momento. Com isso, o dinheiro é recuperado e depositado na sua conta da corretora de valores ou banco de investimentos. Essa negociação pode ocorrer em dois níveis de mercado:

  • primário: a negociação é feita entre investidores e emissor;
  • secundário: a aquisição do papel é realizada por outro investidor.

No caso do CDB com liquidez diária, a venda costuma ocorrer no mercado secundário.

Liquidação rápida e simples

A liquidez diária implica uma liquidação da operação em até um dia útil. Normalmente, acontece no mesmo dia. Isso significa que o movimento de venda do ativo é encerrado nesse prazo, com a transferência de posse de valores entre comprador e vendedor.

Apesar de parecer algo complicado, o investidor precisa apertar um botão no home broker da corretora de valores ou do banco de investimentos. A partir disso, todo o procedimento é feito pelas instituições financeiras, até o dinheiro ser depositado.

Valorização

A rentabilidade tende a ser menor na liquidez diária. No entanto, a valorização nos ativos financeiros com essa característica é interessante. Por quê? Pela simples garantia de que não haverá perdas de montante líquido no resgate antecipado.

Portanto, é uma forma de você gerar uma renda passiva todos os dias, mesmo que ela seja pequena. Assim, é uma boa alternativa para quem precisa formar uma reserva de emergência, por exemplo.

O que é um CDB de liquidez diária?

O Certificado de Depósito Bancário de liquidez diária é um título privado emitido por bancos e que tem a característica de ser resgatado a qualquer momento. Ele pode ser adquirido por pessoas físicas e jurídicas.

Além disso, faz parte da renda fixa. Assim, você terá o rendimento proporcional esperado, pois nunca há perdas. Dessa forma, você garante uma rentabilidade consistente, mesmo que tenha essa prerrogativa do resgate antecipado.

Dentro desse conceito, algumas características e vantagens precisam ser destacadas. Veja quais são elas.

Rendimento

O retorno de um CDB depende da taxa fixada no contrato. Ela pode ser pré ou pós-fixada. No entanto, a liquidez diária costuma gerar um rendimento da segunda categoria.

Portanto, a rentabilidade dependerá de um indexador, como o Certificado de Depósito Interbancário (CDI), que fica próximo à Selic. Em relação ao rendimento efetivamente pago, a variação de valor ocorrerá devido ao prazo de aplicação. De toda forma, o cálculo é feito de acordo com os juros compostos.

Prazo

O CDB de liquidez diária não tem um prazo mínimo de investimento, geralmente. O que muda é a rentabilidade, como já explicamos. Ainda é preciso considerar a chamada carência. Esse é um intervalo de tempo em que é impossível fazer o resgate de valores.

Por exemplo, você aplica seu dinheiro hoje e precisa cumprir um prazo de carência de 90 dias. Depois, a liquidez é diária. Portanto, nesse intervalo equivalente a três meses, você precisará manter o dinheiro investido, queira ou não. Assim que ele terminar, o saque pode ocorrer a qualquer momento.

Taxas cobradas

As taxas cobradas tendem a ser as mesmas de um CDB com liquidez baixa. Por isso, você precisará arcar com o Imposto de Renda (IR), Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e taxa de administração. Aqui, vale a pena reforçar alguns detalhes:

  • a alíquota do IR é variável. Ela é menor conforme o aumento do tempo de aplicação do capital. Atualmente, vai de 22,5% a 15%. Por isso, se você resgatar o valor em menos de 180 dias, terá que arcar com o percentual mais elevado;
  • o IOF é aplicado somente para resgates com menos de 30 dias. Ele decresce com o passar do tempo, e vai de 96% (um dia) a 3% (29 dias);
  • a taxa de administração pode ser zerada pelo banco de investimentos ou corretora de valores. Por isso, vale a pena pesquisar e encontrar essa condição.

Vantagens

As características acima já evidenciam algumas das vantagens do CDB com liquidez diária. Ainda existem outras. Elas são:

  • segurança de que conseguirá fazer o resgate antecipado com o rendimento proporcional;
  • facilidade de saque. Basta apertar um botão no home broker;
  • capacidade de formar uma reserva de emergência sem ter perdas;
  • possibilidade de obter um rendimento significativo para o dinheiro que precisará utilizar durante o mês. Ou seja, você aplica o que sobra do seu salário e pode resgatar a quantia ao longo do mês. No entanto, é importante observar a carência e ver se as taxas compensam;
  • proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), já que o investidor tem até R$250 mil cobertos pela entidade privada, em caso de falência do emissor;
  • rapidez no depósito do valor resgatado.

Para qual perfil de investidor é indicado?

cdb de liquidez diária

O CDB de liquidez diária é recomendado para investidores com perfil conservador ou moderado. Especialmente, aqueles que ainda precisam formar uma reserva de emergência. Além disso, é uma alternativa para quem deseja usar o dinheiro em curto prazo.

É importante observar que investir em CDB sempre é uma boa alternativa para diversificar a carteira de ativos. Por isso, até mesmo quem tem perfil arrojado pode optar por essa aplicação financeira.

Porém, ele é mais indicado para os investidores conservadores. Afinal, ele faz parte da renda fixa e oferece uma rentabilidade mais baixa. No caso do CDB com a liquidez diária, o rendimento é um pouco mais baixo, o que se torna menos atrativo para quem busca alto retorno.

O que observar na hora de comprar o CDB de liquidez diária?

Aqui, existem dois principais fatores: inflação e Selic. O primeiro indicador é mensurado pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O segundo representa a taxa básica de juros da economia brasileira.

Ambos são fatores importantes e indicam qual a situação da economia. Mais do que isso, são relevantes para determinar como será a rentabilidade real do CDB de liquidez diária. Para entender melhor, vamos explicar.

A inflação corrói seu poder de compra. Portanto, quanto mais alta ela está, menor tende a ser seu ganho real. Por sua vez, a Selic regula o CDI, que costuma ser o indexador do CDB. Porém, quanto mais elevada for a inflação, menor tende a ser a rentabilidade real da Selic e, por consequência, do CDB.

Na prática, o que acontece é que o aumento da inflação diminui seu poder de compra, porque seu dinheiro vale menos. Assim, você ainda terá o rendimento esperado do investimento. Porém, o aumento de preços faz a quantia ser menos atrativa.

Por isso, a escolha do CDB de liquidez diária requer uma análise apurada da inflação e da Selic para você ter mais segurança na sua decisão. Ainda assim, essa é uma alternativa interessante de investimento para quem precisa recuperar o valor a qualquer momento.

Gostou dessa dica e quer receber outras? Curta nossa página no Facebook e acompanhe as principais informações do mercado financeiro.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.