fundos de investimento

Fundos de Investimento: descubra o que são e os benefícios desses ativos

Para ter uma carteira de investimentos mais rentável e com baixo risco, a diversificação é a melhor alternativa. Essa ideia é muito clara na teoria, mas, na prática, alguns investidores têm dificuldade para encontrar boas opções para trazer diversidade em suas aquisições. Uma excelente opção para resolver esse problema é optar pelos fundos de investimento.

Essa modalidade consegue agradar diversos perfis de investimento, trazendo rentabilidade e segurança para seu titular. Seja para iniciantes ou para quem já tem experiência com esse mercado, os fundos oferecem um tipo de investimento com baixo custo e gestão profissional, sendo uma ótima aquisição em ambos os casos.

Se você quer saber mais sobre esse ativo, continue a leitura!

O que são fundos de investimento?

Os fundos de investimentos são uma opção de aplicação coletiva. Isso significa que eles são formados pela união de diversos investidores que decidem aportar recursos com base em um mesmo objetivo. Tal valor é aplicado no mercado de capitais sendo administrado por especialistas.

Os ganhos obtidos são distribuídos entre os participantes, conforme a sua participação na construção do fundo. Já as decisões quanto à aplicação do seu patrimônio é definida pelos responsáveis da instituição que o administra, mas é necessário obedecer aos objetivos e políticas definidos anteriormente. Caso o fundo obtenha sucesso, suas cotas se valorizam e ele ganha mais espaço entre os demais.

Como funcionam os fundos de investimento?

Esses ativos funcionam de forma parecida com um condomínio. Nele, há regras e objetivos estabelecidos previamente, sendo que cada indivíduo contribui com um valor proporcional ao número de cotas que pretende adquirir. O controle, da mesma forma que o condomínio, é administrado por indivíduos terceirizados, garantindo a segurança e aumentando as chances de sucesso da aplicação.

Em alguns casos, o cotista recebe uma parcela de dividendos periodicamente e, em outros, o ganho se refere apenas à venda das cotas. Ele também pode ser um fundo aberto ou fechado. No primeiro caso, é possível resgatar sua parcela conforme estabelecido no regulamento, enquanto no segundo, o resgate só pode ocorrer na data de vencimento.

Quais são as vantagens dos fundos de investimento?

Fazer aplicações em fundos de investimento pode ser uma boa opção para diversificar a sua carteira e melhorar os ganhos obtidos. Além disso, ao investir nesses ativos, você alcança outros benefícios. Acompanhe!

Praticidade para investir

Fazer a opção pelos fundos de investimento é fácil e simples. Eles possibilitam aplicar pequenos montantes e dispor de todo o potencial que apresentam. Além disso, você consegue fazer aportes em ativos com diferentes prazos e de vários emissores distintos.

Assim, se você tiver um montante mensal de R$ 100 para investir, já é possível realizar inversões e começar a fazer o seu dinheiro trabalhar. Além disso, é uma excelente forma para diversificar a sua carteira de acordo com o seu perfil de investidor.

Escolha de investimentos por especialistas

Ao investir nesse tipo de ativo, você conta com o auxílio de um profissional que se especializou no mercado financeiro e que dispõe de conhecimentos que podem ajudar a diminuir os riscos dos investimentos e conquistar uma boa rentabilidade.

Para quem está iniciando no mercado de ações isso pode ser uma ótima oportunidade. Assim, você não se preocupa tanto com os detalhes na hora de escolher em quais ativos deve investir, deixando essa incumbência para quem entende. Além disso, é possível fazer investimentos que, individualmente, normalmente não são viáveis.

Burocracia reduzida

Ao fazer aplicações em outros tipos de investimentos podem existir algumas especificidades e regras a serem seguidas. Porém, com os fundos de investimento esses detalhes ficam a cargo do gestor responsável, que deve cuidar de todas as minúcias.

Por exemplo, existem diversas aplicações que necessitam do recolhimento de impostos referentes a cada transação feita. Ao exercer a opção por esse ativo, você delega essa responsabilidade para o profissional que gerencia o fundo. Ou seja, não precisa fazer todos os cálculos cansativos.

Como investir em fundos de investimento?

fundos de investimento

Saber escolher bons fundos para investir é importante para conseguir reduzir os seus riscos e atingir os melhores retornos possíveis considerando o que você deseja alcançar com suas aplicações. Pensando nisso, separamos algumas dicas para auxiliar nessa escolha. Acompanhe!

Conheça seu perfil de investidor

Para fazer aplicações que ajudem a alcançar os seus objetivos no mercado financeiro é importante considerar qual é o seu perfil de investidor. Como os fundos de investimento têm potencial para ter uma grande volatilidade, não são indicados para quem tem aversão ao risco.

Esses fundos podem oferecer uma boa rentabilidade, mas podem apresentar um pouco mais de perigo para os investidores. Portanto, não deixe de conversar com os profissionais do mercado antes de investir para garantir que a realização de aportes em investimentos adequados ao seu perfil.

Entenda quais são as opções

Existem diferentes tipos de fundos disponíveis no mercado e compreender quais são é importante para fazer uma escolha adequada. Por exemplo, há fundos de ações, de renda fixa, imobiliários e mais alguns outros.

Portanto, procure informações com profissionais experientes e de confiança que possam ajudar na sua decisão. Dessa forma, você garante que suas opções serão acertadas e que o seu capital seja multiplicado de modo seguro e rentável.

Confira as taxas do fundo multimercado

Um aspecto importante da escolha do fundo se refere às taxas cobradas por sua performance, administração e os impostos associados. Isso afeta diretamente a sua remuneração, sendo um fator decisivo no momento da escolha. Veja quais os principais custos envolvidos nesse tipo de ativo:

  • taxa de administração: é o valor cobrado para remunerar os profissionais que trabalham na gestão do fundo;
  • taxa de performance: é o valor bônus que é pago ao gestor do fundo, caso os resultados obtidos superem algum índice estabelecido previamente;
  • imposto de renda: é o valor do imposto cobrado dos fundos de investimento já que não são uma modalidade que têm o benefício da isenção.

Viu como os fundos de investimento são uma excelente forma de diversificar a sua carteira? Além de contar com a segurança de aplicar o seu dinheiro em um projeto gerido por um investidor qualificado, você pode investir em uma opção com alta rentabilidade e boa liquidez. O mais importante é avaliar os critérios que listamos e usá-los para fazer a melhor escolha para o seu perfil.

Gostou do nosso artigo? Então assine agora mesmo a nossa newsletter e receba conteúdos como esse diretamente em sua caixa de e-mail. Até a próxima!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.