hábitos financeiros

8 hábitos financeiros saudáveis para colocar em prática agora mesmo

Você se considera uma pessoa com bons hábitos financeiros? O simples fato de ler este artigo e estudar sobre o assunto já o coloca, de maneira segura, em uma posição melhor que a maior parte da população nacional.

Afinal, não há como negar o fato de que a cultura brasileira não privilegia a disseminação de bons hábitos de finanças no país. Não é a toa, por exemplo, que o Brasil tem mais de 60 milhões de inadimplentes atualmente.

No entanto, se você quer evitar esse cenário e ter uma melhor situação financeira, precisa aprender bons hábitos com o dinheiro. Confira a seguir 8 deles que te ajudarão com isso !

1. Ter metas e objetivos financeiros de curto, médio e longo prazo

Um excelente hábito comum nas pessoas que vivem sem medo do dinheiro é a presença de metas e objetivos de curto, médio e longo prazo. Na prática, ter uma meta financeira estimula o planejamento e a disciplina necessária para alcançar o objetivo.

É claro que, no entanto, o fato de ter uma meta não é o suficiente para que a pessoa consiga alcançá-la. É necessário conhecimento, disciplina e planejamento. Entretanto, o fato de existir um norte estimula que a pessoa tenha curiosidade, pesquise e aprenda sobre finanças e desenvolva toda uma cultura positiva em relação ao dinheiro e investimentos.

2. Viver um degrau abaixo do que se ganha é uma boa estratégia

Quanto de dinheiro do seu salário ou dos ganhos da sua empresa sobra no fim do mês? 10%? 30%? Ou talvez nada? Se a sua resposta for a última, então temos uma má notícia. Afinal, um dos melhores hábitos financeiros é tentar viver sempre um pouco abaixo do que a sua renda permite.

Isso garante que sempre sobre uma reserva todos os meses para construir uma reserva de emergência ou investir em aplicações financeiras que garantirão maior independência. Além disso, ter uma sobra no seu orçamento o torna menos vulnerável a imprevistos. Afinal, mesmo que algo de ruim aconteça, você tem como se ajustar.

3. Anotar todos os gastos é um dos melhores hábitos financeiros

Um dos problemas que atrapalham as pessoas de atingir seus objetivos financeiros é não ter controle dos seus gastos. Isso porque muita gente nem percebe o dinheiro ir embora.

Por exemplo, você já passou pela situação de encarar que a fatura do seu cartão de crédito veio muito mais alta do que o esperado? No entanto, mesmo que você analise os gastos, não consegue entender porque a conta veio tão alta.

Por isso, é essencial anotar todos os gastos que se tem para ter uma base de análise e encontrar os buracos do seu orçamento. Só assim é possível estabelecer uma base sólida para crescer e atingir suas metas futuras.

4. Estudar sobre finanças é essencial para alcançar metas

Um dos hábitos financeiros que mais estão em falta no país atualmente é o de estudar sobre finanças. São poucas as pessoas que se dedicam a entender como funciona o mundo financeiro.

Por isso, 9 em cada 10 brasileiros ainda prefere investir na Poupança em vez de aplicar em alternativas mais rentáveis. Isso sem falar em “armadilhas financeiras” como os juros do cartão de crédito, do empréstimo pessoal e na proliferação de hábitos financeiros negativos.

hábitos financeiros

5. Monitorar de perto seus investimentos é muito importante

Nem todo investidor do mercado nacional tem condições de dedicar 100% da sua vida a isso. Afinal, a maior parte das pessoas trabalha todos os dias e coloca o que sobra do seu salário em aplicações.

Isso é normal e não há nada de errado com isso. No entanto, o problema acontece quando as pessoas “esquecem” seus investimentos. É essencial monitorar as suas aplicações de perto, pois elas podem ser muito afetadas pelas condições da macroeconomia e é possível perder oportunidades.

Em 2020, com a Selic atual, a Caderneta de Poupança provavelmente renderá abaixo da inflação. Ou seja: quem aplicar nela terá perda de valor no seu dinheiro. Quem não monitorar a situação não perceberá essas condições e não poderá ajustar a sua carteira para evitar os prejuízos.

6. Diversificar os investimentos é uma das melhores estratégias possíveis

Um dos piores hábitos financeiros é aplicar tudo que se tem em uma opção só. O resultado tende sempre a ser desastroso. Por exemplo, muita gente se empolgou em aplicar na Bolsa de Valores após altas recordes em 2019. Isso é muito positivo.

No entanto, muitas pessoas não analisaram os riscos dos investimentos e colocaram tudo que tinham em ações. Com a recente crise do coronavírus e os frequentes Circuit Breakers, os prejuízos foram enormes. Por isso é importante diversificar investimentos. Aplicar em ações é interessante, mas porque não ter LCI e LCA também? Por que não montar uma reserva financeira no Tesouro Direto?

7. Ter mais de uma fonte de renda é uma ótima estratégia

Muita gente depende apenas do seu salário para sobreviver. Portanto, estão vulneráveis caso um imprevisto aconteça e sejam demitidos. Isso vale tanto para quem ganha um salário-mínimo, quanto para quem ganha 15. Por isso, é essencial estabelecer uma estratégia que garanta mais de uma fonte de renda, de modo a aumentar sua independência financeira e criar redes de segurança vitais.

Ainda, já pensou em deixar parte do seu dinheiro em investimentos que geram renda para você? Alguns títulos do Tesouro Direto oferecem o pagamento de juros semestrais, ou seja, garantem o recebimento de uma renda extra periodicamente.

8. Comprar à vista é um hábito financeiro importante

O cartão de crédito e o crediário são ótimas maneiras de tornar bens de consumo mais acessíveis para a população. No entanto, o pagamento parcelado costuma conter juros que encarece o produto. Por isso, comprar à vista é a melhor opção na maior parte dos casos.

É fato que cultivar bons hábitos financeiros não é algo fácil. Normalmente, nós agimos no automático e temos a tendência de continuar fazendo o que já fazíamos antes de aprender ações novas.

No entanto, com disciplina e treino é possível mudar o que fazemos no automático. O psicólogo Jeremy Dean, por exemplo, diz que no seu livro Making Habits, Breaking Habits, que são necessários 66 dias em média para aprendermos um novo hábito. Ou seja: com um pouquinho de treino e muita disciplina, você pode aprender esses 8 hábitos financeiros positivos e mudar a sua vida para melhor.

E aí, vamos aprender novos hábitos? Então, que tal compartilhar este artigo nas suas redes sociais e marcar alguns amigos para participarem dessa mudança de vida com você?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.