lci ou cdb

LCI ou CDB: veja um comparativo desses investimentos

Escolher bons investimentos é fundamental para conseguir obter uma boa rentabilidade e diminuir os riscos. Nesse sentido, ativos de renda fixa, como LCI ou CDB, podem ser uma ótima alternativa para quem deseja alcançar bons rendimentos e fazer o dinheiro trabalhar a seu favor.

Mas qual dessas opções é a melhor? Quais são as características das Letras de Crédito Imobiliário e do Certificado de Depósito Bancário?

Se você quer aprender mais sobre esses investimentos, saiba que está no lugar certo! Preparamos um conteúdo cheio de informações relevantes que podem ajudar na hora de aplicar seus recursos. Continue a leitura e confira!

O que é LCI?

As Letras de Crédito Imobiliário (LCI) são ativos financeiros de renda fixa disponibilizados aos investidores por meio de instituições financeiras, a fim de captar recursos e destiná-los ao mercado de imóveis. Assim, ao fazer a opção por elas, você está oferecendo seu capital para fomentar esse segmento da economia.

Nessa alternativa de investimento, há diferentes tipos de rendimentos. Por exemplo, você pode fazer a opção pela LCI com rendimentos pré-fixados ou pós-fixados. Portanto, é válido contar com a ajuda de profissionais especializados para definir qual é a melhor escolha para você.

O que é CDB?

CDB é a sigla utilizada para Certificado de Depósitos Bancários. Assim como uma LCI, essa opção de investimento também é classificada como renda fixa e são disponibilizados pelos bancos para fazer captação de recursos e assegurar a operacionalização de suas atividades.

Ou seja, quando você investe em um CDB, na prática, está emprestando dinheiro a determinado banco. Como recompensa, ele devolve o montante emprestado, acrescido de juros.

Nesse sentido, o valor dessa taxa pode ser pré-fixada ou pós-fixada e, assim como na opção anterior, contar com um agente com conhecimentos específicos é muito útil para determinar qual é a melhor alternativa para o seu perfil de investidor.

Qual a diferença entre LCI e CDB?

lci ou cdb

Apesar de serem classificados da mesma forma, ou seja, como investimentos de renda fixa, há algumas diferenças que devem ser conhecidas por quem planeja investir em LCI ou CDB. Para ajudar, listamos os principais pontos a serem observados. Confira!

Tributação

Essa é uma das principais diferenças entre as Letras de Crédito Imobiliário e os Certificados de Depósitos Bancários. A primeira opção não é tributada com Imposto de Renda. Ou seja, ao optar por investir em LCI, você não terá nenhum desconto sobre a sua rentabilidade.

Já no caso dos CDBs, a cobrança de IR é feita por uma tabela regressiva. Assim, quanto maior o prazo que você deixa seu capital aplicado, menor será a alíquota a ser paga, conforme abaixo:

  • até 180 dias, alíquota de 22,5%;
  • entre 181 e 360 dias, alíquota de 20%;
  • entre 361 e 720 dias, alíquota de 17,5%;
  • acima de 721 dias, alíquota de 15%.

Para diminuir o valor pago em impostos, pode ser uma boa alternativa investir para o longo prazo.

Valor mínimo a ser aplicado

Há diversas instituições que oferecem tanto os CDBs quanto as LCIs. Assim, o valor mínimo a ser aplicado pode variar, de acordo com o ativo escolhido. Em geral, existe a possibilidade de investir em ambos os ativos a partir de R$1 mil.

Por exemplo, se você tem um valor de R$2 mil para aplicar em algum ativo financeiro, já é possível conseguir boas alternativas e fazer o seu capital gerar bons resultados para você. Vale a pena considerar contar com a ajuda de um especialista para evitar colocar seu dinheiro em opções não tão boas.

Liquidez

Esse conceito se refere à facilidade de converter a aplicação feita em dinheiro, sem que você tenha perdas nessa transação. Nesse sentido, ao investir em LCI ou CDB, para conseguir fazer o resgate, depende do título e da instituição escolhida.

Normalmente, tais ativos oferecem liquidez apenas no prazo de vencimento da aplicação, previamente acordado. O que pode ser feito é optar por vender o título no mercado secundário.

Segurança

No quesito segurança de investimento, as duas alternativas contam com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Assim, em caso de insolvência do emissor do título, você assegura a devolução de um valor de até R$250 mil por CPF.

Ou seja, em uma situação em que a instituição financeira a qual você escolheu aplicar não consiga cumprir as obrigações, você tem esse valor segurado por esse fundo. Mas vale procurar um banco que ofereça proteção e confiança para fazer suas aplicações.

Como fazer uma boa escolha?

Se você quer assegurar um investimento que seja uma boa opção para diversificar a sua carteira e garantir uma boa rentabilidade, vale a pena fazer boas pesquisas para escolher uma alternativa adequada para você. Além disso, várias instituições emitem os dois tipos de ativos, e a opção certa é essencial para ter segurança no momento de investir.

Para isso, contar com o auxílio de profissionais capacitados pode ser um modo de alocar seus recursos financeiros de modo eficiente e otimizar os retornos obtidos. Outra boa opção para entender mais sobre finanças é escutar podcasts e TedTalks que falam sobre investimentos. Nesse sentido, escutar alternativas como “O Investidor Inteligente”, “PrimoCast” e “Poupecast — Me Poupe” pode ajudar muito.

Por que investir em LCI?

As LCIs apresentam diversas vantagens frente a outros investimentos. Um dos aspectos mais importantes se refere à isenção do Imposto de Renda. Como esse investimento serve para financiar setores determinantes da economia brasileira, o governo oferece um incentivo adicional por meio da isenção desse tributo.

Desse modo, esse ativo de renda fixa se torna ainda mais interessante em relação aos demais, dado o acréscimo em sua rentabilidade líquida, causada pela liberação quanto ao IR. Outro ponto de destaque se refere ao baixo risco que esse ativo apresenta.

Você já decidiu se vai investir em LCI ou CDB? Saiba que o ABC Brasil oferece uma infraestrutura completa para auxiliar nesse tipo de investimento. Além disso, você conta com toda tranquilidade para aplicar seu dinheiro sem ter custos com taxa de manutenção e corretagem em sua conta. Não perca mais tempo e comece suas aplicações agora mesmo!

Gostou do nosso artigo? Então, entre em contato conosco e confira quais as melhores opções de investimento para o seu perfil!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.